Cistos subcondrais, ou cistos subcorticais como também são chamados, são áreas de perda óssea na região articular, como consequência de alterações degenerativas (artrose) na articulação acometida.

Existem 3 tipos de cistos que podem surgir na articulação do nosso quadril. São eles:

Dr. Márcio Silveira: Ortopedista Especialista em Traumatologia Esportiva, Joelho - Adulto e Infantil - e Idoso imagem de ressonancia magnetica de quadril

1. Cistos Subcondrais: este tipo de cisto ocorre em dois locais do quadril, no teto do acetábulo ou na cabeça do fêmur, a depender da sua localização e do seu tamanho, pode-se caracterizar como grave. Ele surge a partir de uma fissura na cartilagem, onde partindo disto o liquido sinovial começa a adentrar, e ao infiltrar na cartilagem forma uma cavidade no osso subcondral (abaixo da cartilagem) formando uma espécie de bolsa. Este cisto por si só já representa um grau 3 de Artrose. Com o seu surgimento a região do quadril pode vir a ficar enfraquecida, favorecendo assim a aceleração do desgaste da cartilagem.


2. Cistos Labrais: quando o labrum ( estrutura fibrocartiloginoda que veda a articulação do quadril ) sofre uma lesão incompleta, o líquido sinovial adentra na região onde se encontra a lesão e começa a formar bolsas de líquidos passando a formar o que chamamos de cistos labrais. Este cisto não representa um fator de risco grave, portanto não necessita de intervenção cirúrgica, podendo ficar sem se desenvolver durante muito tempo, mas caso venha a aumentar pode causar dores.


3. Cistos de inclusão sinoviais: este cisto normalmente dá-se no colo do fêmur, e dos três é o menos preocupante, isto devido ao seu surgimento ser em uma área que não há cartilagem, mas caso este cisto venha a crescer, ele pode vir a enfraquecer o colo do fêmur, e caso seja de caráter progressivo, ou seja, aumenta de tamanho rapidamente, se torna um fator preocupante e com risco de fratura . Será então indicada uma cirurgia com o objetivo de retirada +enxertia de óssea

O tratamento depende do tipo de cisto, da idade do paciente, do nível dos sintomas, do tamanho do cisto, todos estes fatores irão levar o médico Ortopedista a indicar o melhor método para corrigir o problema.

Saiba mais >