A anatomia do tornozelo ou articulação tibiotársica, a tíbia e a fíbula formam o que é chamado de “mortise do tornozelo”, que consiste nos maléolos medial e lateral, maléolo interno e externo respectivamente.

Fraturas do tornozelo ou maléolos alinhadas, sem desvio, o tratamento é imobilização gessada por 6 semanas, sem carga, e repouso pelo período.