Na maior parte das vezes, a cirurgia é realizada com anestesia geral, mas, em alguns casos, é possível utilizar somente anestesia local. No tratamento de fraturas do úmero proximal e da clavícula, as mais comuns, a cirurgia geralmente dura no máximo uma hora e o paciente costuma ter alta hospitalar em 24 horas.