Fascite plantar: o que é e sintomas

Início/Traumatologia Esportiva/Fascite plantar: o que é e sintomas
fascite plantar

O que é Fascite Plantar?

A fáscia plantar é um tecido fibroso localizado ao longo da planta do pé, que se estende do calcanhar até o começo dos dedos e tem como função a sustentação do arco plantar. A fascite plantar é a inflamação que ocorre devido a um estresse excessivo dessa região, como impacto e microtraumas repetitivos e processos degenerativos no local da origem da fáscia.

É uma das patologias mais comuns que acometem o pé e tem sido muito discutida pelos profissionais da área de saúde e esportistas. Quando sobrecarregada, a fáscia inflama, causando dor na sola do pé. Essa dor pode estar localizada apenas no calcanhar ou no arco do pé e algumas vezes irradiar para outras regiões, como tornozelos, dorso do pé e tendão de Aquiles.

fascite plantar

A fascite pode ser confundida com esporão de calcâneo, pois a fáscia se origina na mesma região onde o esporão surge e a dor se estende praticamente pela mesma região do calcanhar. Assim, após longos períodos de sobrecarga e tratamento inadequado, pode causar o esporão.

Causas

Algumas alterações biomecânicas estão intimamente ligadas a inflamações na fáscia e principalmente a um mau amortecimento de impacto que sobrecarrega essa estrutura.

  • Pé muito cavo: por ser mais rígido e menos eficiente na absorção de impactos, podendo ocasionar encurtamento da fáscia;
  • Pé chato e pisada hiperpronada: por ser um pé hipermóvel, também há um déficit na absorção de impactos e isso pode gerar um contínuo estiramento da fáscia plantar;
  • Sobrepeso, pois existe uma sobrecarga tanto óssea quanto muscular;
  • Calçados inadequados, com solados planos e rígidos, que não dão o suporte adequado para o arco do pé;
  • Atividade física repetitiva e de alta intensidade, que exijam muito do calcanhar e da fáscia plantar, como corridas longas e excessivas;
  • Encurtamento e tensão no tendão calcâneo;
  • Exercer funções em que precise ficar em pé por muito tempo.

Sintomas da fascite plantar

  • Dor no calcanhar, sola do pé e tornozelo;
  • Dor ao caminhar nas pontas dos pés;
  • Sensação de queimação na sola do pé;
  • Sensibilidade ao apalpar a sola ou calcanhar inflamado;
  • Inchaço, rigidez, tensão e vermelhidão no pé.

Diagnóstico

É realizado uma investigação do histórico do paciente, avaliando as condições que fica exposto no ambiente de trabalho e ao realizar esportes. Também é necessário analisar o formato do arco do pé do indivíduo e se os sapatos que costumam utilizar estão adequados para as atividades que realizam.

>>> Saiba sobre a Tendinite do tendão de Aquiles >>>
>>> Saiba sobre a Síndrome do Túnel do Tarso >>>

Exames de imagem, como radiografia, ultrassonografia e ressonância magnética podem ser solicitados.

Tratamento da fascite plantar, clique aqui >

Muito bom! Você leu todo o conteúdo. Gostou? Divulgue para seus amigos(as) e deixe um comentário ou dúvida aqui 

HORÁRIOS DE ATENDIMENTO

Segunda à Sexta em horário comercial
Em Brasília / DF, no plano piloto, Asa Norte, Ceilândia e Águas Claras.

Veja a agenda clicando aqui

Perguntas frequentes

Qual a diferença entre esporão e fascite plantar?2020-02-26T21:38:07-03:00

Não são a mesma coisa. Enquanto a fascite plantar é a inflamação na sola do pé, o esporão de calcâneo é uma protuberância óssea que cresce na base do osso do calcâneo, perto do local onde a fáscia plantar se prende. O esporão se forma devido a inflamação crônica decorrente da fascite plantar ou pelo envelhecimento.

O que causa dores no calcanhar?2020-02-26T21:36:20-03:00

Existem diversas causas para a dor no calcanhar, desde alterações no formato do pé e na forma de pisar, até ao excesso de peso, esporão no calcâneo, pancadas ou doenças inflamatórias mais graves, como fascite plantar, bursite ou gota, por exemplo.

O que provoca fascite plantar?2020-02-26T21:32:35-03:00

A fascite plantar é uma das causas mais comuns de dor no calcanhar. Trata-se de uma inflamação de um tecido chamado fáscia plantar, localizado na sola do pé e que conecta o calcâneo (osso que forma o calcanhar) aos dedos.

Artigos relacionados

2020-02-29T09:57:22-03:00

Sobre o Autor:

Dr. Márcio R. B. Silveira, formado em 2006 pela faculdade federal de medicina da Universidade de Brasília (UnB), com especialização, no ano de 2009, em Traumatologia e Ortopedia pela residência da Secretária de Saúde de Brasília / DF, em sua rede pública de hospitais, com subespecialização, no ano de 2012, em cirurgia do joelho e traumatologia esportiva em Belo Horizonte / MG, acompanhando os médicos do Cruzeiro Esporte Clube e os serviços dos hospitais Maria Amélia Lins, Lifecenter, Belo Horizonte, Belvedere e João XXIII. Atuante principalmente no tratamento de lesões de cartilagem, buscando sua reparação e transplante; lesões de menisco com sutura em crianças e reparo; rupturas ligamentares articulares e sua reconstrução biológica e prevenção; tratamento da artrose, com medidas medicamentosas e artroplastias; tendinites e rompimento de tendões provocadas tanto por atividades esportivas, como por alterações degenerativas; fraturas em idosos que apresentam ossos mais frágeis; e enfoque na reabilitação muscular e postural. Médico ortopedista especialista em Cirurgia do Joelho, Traumatologia Esportiva e Ortopedia do Idoso, atende em Brasília / DF, na sua clínica Salus Ortopedia, Fisioterapia e Acupuntura, fornecendo tratamento conservador e operatório no Plano Piloto, Asa Norte, Águas Claras e Ceilândia.

Um Comentário

  1. […] Na Corrida: fascite, tendinites nos membros inferiores, dor na perna, ruptura de menisco, edema ósseo, entorse de […]

Deixe um comentário ou questionamento