Fratura de tornozelo – maléolos

Início/Tornozelo e pé/Fratura de tornozelo – maléolos

Fratura de tornozelo

Um tornozelo fraturado significa que um ou mais dos ossos que constituem a articulação do tornozelo estão quebrados.

A fratura de tornozelo pode variar de uma simples trinca em um osso, que não pode impedi-lo de ficar de pé, a várias fraturas, o que desloca o tornozelo fora do lugar e pode impossibilitar que você não colocar peso sobre os pés por alguns meses.

Simplificando, quanto mais ossos estão quebrados, mais instável o tornozelo fica. Pode ter ligamentos danificados também. Os ligamentos do tornozelo mantem a articulação na posição.

Tornozelos quebrados afetam pessoas de todas as idades.

maléolos medial e lateral - fratura de tornozelo

Anatomia

Três ossos compõem a articulação do tornozelo:
• Tìbia – osso da canela
• Fíbula – osso menor da perna
• Tálus – um pequeno osso que fica entre o osso do calcanhar (calcâneo) e da tíbia e fíbula

A tíbia e a fíbula têm partes específicas que compõem o tornozelo, os maléolos:
• medial – parte interna da tíbia
• posterior – parte posterior da tíbia
• lateral – final da fíbula

Médicos classificam fratura de tornozelo de acordo com a área do osso que está quebrado. Por exemplo, uma fratura no final da fíbula é chamada de uma fratura do maléolo lateral, ou se tanto tíbia e fíbula são quebrados, é chamado de uma fratura bimaleolar.

Duas articulações estão envolvidas em fraturas do tornozelo:
• articulação do tornozelo – onde tíbia, fíbula e tálus se unem
• sindesmose – a articulação entre a tíbia e a fíbula, que é realizada em conjunto por ligamentos

Vários ligamentos ajudam a tornar estável a articulação do tornozelo.

Causas da fratura de tornozelo

• Torcer ou girar o tornozelo
• Rolando seu tornozelo
• Tropeçar ou cair
• Impacto durante um acidente de carro

Sintomas da fratura de tornozelo

Como uma entorse de tornozelo grave pode parecer o mesmo que um tornozelo quebrado, cada lesão no tornozelo deve ser avaliada por um médico.

Os sintomas mais comuns de um tornozelo quebrado incluem:
• dor imediata e severa
• inchaço
• hematomas
• sensibilidade ao toque
• não é possível colocar qualquer peso sobre o pé lesionado
• deformidade (“fora do lugar”), especialmente se a articulação do tornozelo estiver deslocada

>>> Como tratar a Entorse de tornozelo >>>

Exames de imagem

Se o seu médico suspeitar de uma fratura de tornozelo, ele vai pedir exames adicionais para fornecer mais informações sobre a sua lesão.

Radiografia: os raios-X são a técnica de diagnóstico mais comum e amplamente disponível. Podem mostrar se o osso está quebrada e se existe deslocamento (distância entre as partes dos ossos quebrados). Eles também podem mostrar quantos pedaços de osso há. Pode ser tomado da perna, tornozelo e pé para ter certeza que nada mais está ferido.

Tomografia computadorizada (TC): este tipo de análise pode criar uma imagem de corte transversal do tornozelo e é por vezes realizado para avaliar ainda mais a lesão no tornozelo. Isto é particularmente útil quando a fratura se estende para a articulação.

>>> Conheça mais sobre as fraturas no tornozelo >>>

fratura de tornozelo

Tratamentos para fratura de tornozelo, clique aqui >

Seguimento da fratura de tornozelo

Existe uma tão vasta variedade de ferimentos, há também uma vasta gama de diferenças no processo de cura entre as pessoas.

É preciso pelo menos 6 semanas para os ossos quebrados cicatrizarem. Pode levar mais tempo para os ligamentos e tendões envolvidos.

Como mencionado acima, o seu médico provavelmente irá monitorar a cicatrização óssea com radiografias repetidas. Isso normalmente é feito com mais freqüência durante as primeiras 6 semanas, se a cirurgia não foi escolhida.

Embora a maioria das pessoas retornem às atividades diárias normais, exceto para esportes, dentro de 3 a 4 meses, estudos têm mostrado que ainda podem estar se recuperando até 2 anos depois de suas fraturas de tornozelo. Pode levar vários meses para você parar de mancar enquanto você anda e retornar ao esporte no seu nível competitivo anterior. A maioria das pessoas voltar a dirigir dentro de 9 a 12 semanas a partir do momento em que foram feridas.

Reabilitação

A reabilitação é muito importante, independentemente de como uma fratura de tornozelo é tratada.

Quando seu médico permite começar a mover o tornozelo, fisioterapia e programas de exercícios em casa são muito importantes. Fazer seus exercícios regularmente é a chave.

Eventualmente, você também vai começar a fazer exercícios de fortalecimento. Pode levar vários meses para que os músculos ao redor de seu tornozelo fiquem fortes o suficiente para você andar sem mancar e para retornar às suas atividades normais.

Mais uma vez, irá apenas fazer a diferença se você realmente fazê-las.

>>> Fortalecimento do tornozelo >>>

Descarga de peso corporal

Sua fratura específica determina quando você pode começar a colocar peso em seu tornozelo. Seu médico irá permitir que você comece a colocar peso sobre o tornozelo quando ele sentir que a sua lesão é estável o suficiente para fazê-lo.

É muito importante não colocar peso sobre o tornozelo até o seu médico dizer que você pode. Se você colocar peso sobre o tornozelo lesionado muito cedo, os fragmentos da fratura podem se mover ou a cirurgia pode falhar e você pode ter que começar de novo.

Muito bom! Você leu todo o conteúdo. Gostou? Divulgue para seus amigos(as) e deixe um comentário ou dúvida aqui 

HORÁRIOS DE ATENDIMENTO

Segunda à Sexta em horário comercial
Em Brasília / DF

Veja a agenda clicando aqui

Perguntas frequentes

O que é fratura do maleolo medial?2020-03-06T15:59:48-03:00

As fraturas do tornozelo ocorrem no maléolo medial ou posterior da tíbia e/ou no maléolo lateral da fíbula. Essas fraturas podem ser estáveis ou instáveis. O diagnóstico é feito por radiografia.

O que é fratura do maléolo lateral?2020-03-06T15:25:10-03:00

Maléolos são proeminências ósseas que existem nos ossos da tíbia e da fíbula. Cada maléolo possui um sulco maleolar e uma face articular maleolar, que são as estruturas que quebram na fratura do tornozelo. Por fim o maléolo lateral da fíbula articula-se na face maleolar lateral do tálus. A junção dessas três articulações forma o tornozelo.

O que acontece quando quebra o tornozelo?2020-03-06T15:23:34-03:00

Por ser requisitado na realização de inúmeros movimentos, como saltar, correr e até mesmo caminhar, não é incomum que o local sofra lesões. Quando algum dos ossos dessa articulação se rompe após sofrer um trauma, parcial ou completamente, acontece a Fratura do Tornozelo.

Quanto tempo demora para colar o osso do tornozelo?2020-03-06T15:22:36-03:00

Geralmente 12 semanas (3 meses). é o tempo necessário para a consolidação óssea das fraturas do tornozelo. O parafuso da sindesmose é utilizado para manter os ossos da perna (tíbia e fíbula) alinhados um relação ao outro enquanto o ligamento que os estabiliza cicatriza sem ser excessivamente tensionado.

Artigos relacionados

2020-08-29T15:27:08-03:00

Sobre o Autor:

Dr. Márcio R. B. Silveira, formado em 2006 pela faculdade federal de medicina da Universidade de Brasília (UnB), com especialização, no ano de 2009, em Traumatologia e Ortopedia pela residência da Secretária de Saúde de Brasília / DF, em sua rede pública de hospitais, com subespecialização, no ano de 2012, em cirurgia do joelho e traumatologia esportiva em Belo Horizonte / MG, acompanhando os médicos do Cruzeiro Esporte Clube e os serviços dos hospitais Maria Amélia Lins, Lifecenter, Belo Horizonte, Belvedere e João XXIII. Atuante principalmente no tratamento de lesões de cartilagem, buscando sua reparação e transplante; lesões de menisco com sutura em crianças e reparo; rupturas ligamentares articulares e sua reconstrução biológica e prevenção; tratamento da artrose, com medidas medicamentosas e artroplastias; tendinites e rompimento de tendões provocadas tanto por atividades esportivas, como por alterações degenerativas; fraturas em idosos que apresentam ossos mais frágeis; e enfoque na reabilitação muscular e postural. Médico ortopedista especialista em Cirurgia do Joelho, Traumatologia Esportiva e Ortopedia do Idoso, atende em Brasília / DF, na sua clínica Salus e Consolidação Ortopedia, Fisioterapia e Acupuntura, fornecendo tratamento conservador e operatório no Plano Piloto, Asa Norte, Taguatinga e Ceilândia.

8 Comentários

  1. Delano Oliveira da Silva 6 de março de 2019 em 12:51- Responder

    Oi, boa tarde tive uma lesão no tornozelo.. fiz o raio X e foi detectado uma pequena fissura no maléolo medial.. Hj tem 23 dias que me lesionei, e a área próxima ao maléolo medial ainda se encontra um pouco roxa.. o pé tava muito inchado mas agora não tá mais.. qual o melhor tratamento a se fazer para recuperação, existe algum medicamento que ajude nessa recuperação??
    Obg.

    Att, Delano Oliveira da Silva

  2. drmarciosilveira 6 de março de 2019 em 16:42- Responder

    Olá Delano, lembre-se que isso não é uma consulta, estou emitindo opinião baseado no que você relatou. Pequena fissura, é uma fratura alinhada, demora 6 semanas para cicatrizar. Existem medicações para reduzir o inchaço e a dor, que o colega que deu assistência deve ter receitado, anti-inflamatórios, mas isso nos primeiros 15 dias. Agora, para acelerar a recuperação não tem, é o seu corpo mesmo que vai curar no tempo habitual. Alimente-se bem e mantenha o repouso e, após esse período, reabilitação fisioterápica adequada. Esse roxo pode ocorrer. Tendo dúvidas, o melhor é perguntar nas consultas de retorno para acompanhamento com seu médico.

  3. Sônia Regina Martins da silveira 29 de julho de 2019 em 21:44- Responder

    Olá boa noite,faz 10meses que tive uma fratura dos maleolos do pé esquerdo,e sinto muita sensibilidade no maléolo medial
    Tenho uma placa e 6pinos no maléolo lateral,e no medial duas astes ,e um pino que transpassa a Tibia e filbula

  4. drmarciosilveira 30 de julho de 2019 em 15:55- Responder

    Oi, Sônia, não estou fazendo um exame clínico para ver o local específico da dor e nem vendo seus exames de imagem. Então, baseado no que você disse, pode ser sensibilidade ao material de síntese. Protege bem, para evitar atrito na extremidade do maléolo medial, faz fisioterapia e passa medicação tópica. Caso não melhora, após 12 meses, pode ser retirado os materiais implantados.

  5. mila 20 de setembro de 2019 em 14:13- Responder

    OLÁ! há 74 dias fraturei e operei o tornozelo esquerdo, fratura BImaleolar. EStou com pino, placa, parafuso. Voltei a andar sem muletas e bota há 10 dias mas a regiao do tornozelo ainda tem bastante edema e manco um pouco. Quanto tempo ficarei mancando e com edema. Faço fisioterapia desde o início.

  6. drmarciosilveira 20 de setembro de 2019 em 19:10- Responder

    Oi, Mila, é complicado falar sobre a sua fratura, pois não sei a gravidade e nem como estão colocados os implantes e o alinhamento da fratura. Em situações habituais, com tudo estando dentro do padrão, era para começar a pisar com 45 dias, podendo demorar uns 3 meses para ficar completamente sem edema.

  7. Milena 15 de janeiro de 2020 em 07:06- Responder

    Olá! Gostaria de saber, por favor, o que acontece se o osso não colar, totalmente, em 3 meses?

    • drmarciosilveira 17 de janeiro de 2020 em 04:43- Responder

      Olá, Milena, está iniciando uma fase chamada de retardo de consolidação. Contudo, dependendo do local da fratura, pode ser aceitável, como no osso escafoide do punho. Demanda acompanhamento. Nos tornozelos, uma situação que pode causar isso são fraturas expostas, demora mais também. Tem de definir o que está provocando, para controlar, falta de estabilidade ou iniciar carga? Leia mais sobre o assunto: https://traumatologiaeortopedia.com.br/conhecimentos/pseudoartrose/

Deixe um comentário ou questionamento