artrose no cotovelo

A artrose no cotovelo ocorre devido ao desgaste da cartilagem causando dor e diminuição da movimentação. A artrose no cotovelo é muito menos frequente que a artrose no joelho ou quadril.

Causas

A artrose no cotovelo pode não ter uma causa conhecida, sendo chamada de artrose primária. Provavelmente fatores genéticos e familiares ocasionam o desgaste da articulação. Mas existem casos onde as causas podem ser identificadas.

Pacientes com doenças reumatológicas, gota, luxações, lesões ligamentares ou fraturas prévias no cotovelo podem desenvolver precocemente uma artrose do cotovelo.

Sintomas

Os sintomas mais frequentes são dor, inchaço na articulação e perda da mobilidade.  Nos casos mais graves, a dor pode ser constante e não aliviar com medicamentos, e movimentos como levar a mão à boca ou à cabeça podem ser impossíveis.

Diagnóstico

As radiografias simples do cotovelo, geralmente são os únicos exames necessários para diagnóstico da artrose no cotovelo. Eventualmente para o planejamento cirúrgico ou para casos muito iniciais, a tomografia computadorizada ou ressonância magnética pode ser solicitada.

>>> Conheça sobre as complicações >>>

artroplastia para artrose no cotovelo

Tratamento da artrose no cotovelo

O tratamento inicial é não-cirúrgico. Utilizamos analgésicos, antiinflamatórios, gelo e fisioterapia. Também pode ser feita infiltração com ácido hialurônico (viscosuplementação) como tentativa de aumentar a lubrificação da articulação e consequentemente melhorar a dor do paciente. Esse remédio tenta melhorar a qualidade da cartilagem. Mas lembrando que a artrose não tem cura e todas as as medidas utilizadas visam evitar a progressão e aliviar os sintomas. A cirurgia deve ser empregada na falha deste tratamento inicial.

Tratamento operatório

Para casos iniciais ou leves, pode ser realizado o tratamento por artroscopia. Nesta modalidade de tratamento da artrose no cotovelo, através de pequenas incisões e uma câmera de vídeo dentro da articulação, retiramos as irregularidades ósseas, fragmentos de cartilagem ou osso soltos, permitindo que o paciente movimente melhor o cotovelo e com menor dor.

Para casos moderados ou graves, temos 2 opções de cirurgia: a artroplastia de interposição e a artroplastia total do cotovelo.

Muito bom! Você leu todo o conteúdo. Gostou? Divulgue para seus amigos(as) e deixe um comentário ou dúvida aqui 

HORÁRIOS DE ATENDIMENTO

Segunda à Sexta em horário comercial

Veja a agenda clicando aqui

Deixe uma avaliação!