Atividade física na Artrose: Exercícios com pesos, principalmente, os de resistência e atividades com impacto aumentam os minerais nos ossos e retardam o desenvolvimento da osteoporose em mulheres, diminuindo inclusive o risco de quedas de idosos. E não apenas para prevenção: os exercícios físicos também trazem benefícios aos pacientes com doenças crônicas.

Homens e mulheres com osteoartrites de um ou ambos os joelhos se beneficiam com um programa de caminhada e fortalecimento supervisionado, com melhora do status funcional, diminuição de dores e diminuição do uso de medicações.

Além disso, atividade física na artrose como exercícios para fortalecer joelho com desgaste cartilagem, ou seja, as atividades físicas também combatem a depressão e a ansiedade, facilitando a adaptação ao estresse, melhorando a qualidade do sono, o humor e a autoestima.

Fisioterapia e treinamento especializado em Brasília – DF >
Conheça mais sobre a artrose >

atividade física na artrose

Importância dos exercícios para fortalecer joelho e outras articulações com desgaste cartilagem

Atividade física na artrose para artrose no joelho e demais articulações

Na hora de praticar uma atividade física, as três intervenções mais importantes para a melhora das articulações.

– o fortalecimento muscular

– o treino do equilíbrio (propriocepção)

– os exercícios aeróbicos de baixo impacto

 

Outras medidas que podem ajudar no sucesso do tratamento são modificações na vida diária. Entre elas, perder peso, evitar fazer esforços, usar tênis ou sapato mais confortável do que andar de chinelos ou descalço.

Quanto tempo de atividade física na artrose?

É importante ressaltar que o bom funcionamento de uma articulação depende da atividade dentro dos limites fisiológicos de cada pessoa. Assim, a atividade física na artrose funcional de uma junta é fundamental para a saúde e sua inatividade excessiva, prejudicial.

Vale ressaltar que pessoas que relataram um tempo maior de atividades de lazer e atividade física estão menos propensos a aumentar o peso. Em contraponto, indivíduos que estão com sobrepeso menos comumente permanecem ativos e com atividades físicas regulares. Nestes casos, pode ser necessário pelo menos 60 minutos de atividades físicas diárias de moderada intensidade (exercícios para artrose no joelho e demais articulações) para maximizar a perda de peso e evitar o efeito sanfona.

Dicas para cuidar dos músculos e articulações >

Como começar atividade física na artrose?

É importante citar que o excesso de atividades físicas pode, sim, facilitar a ocorrência de lesões musculoesqueléticas. Por isso, faça sempre aquecimentos de cinco a dez minutos e alongamentos adequados, aumentando gradativamente as atividades físicas, em vez de aumentar subitamente a intensidade dos exercícios para atividade física na artrose.

Pilates

A principal vantagem da prática é que ela é acessível a todas as pessoas, desde um atleta de alto rendimento até idosos com mobilidade reduzida. Crianças, gestantes e deficientes também pode praticar.

Caminhada

Um estudo recente publicado pela revista Arthritis Research & Therapy, afirma que “há evidências de efeitos benéficos de terapia de exercício em pacientes com osteoartrite do quadril ou joelho.” A pesquisa observou o efeito do exercício em pacientes entre 42 e 73 anos, que caminhavam durante três dias na semana, e certificou sua eficiência no tratamento de pacientes com artrose de joelho e quadril, com sensível melhora nas dores de quem sofria com a doença inflamatória.

Ciclismo

Andar de bicicleta melhora as funções gerais do corpo, além de ser uma atividade relaxante. O ciclismo proporciona a elevação do condicionamento cardiovascular, ajudando ainda no controle do peso, visto que o sobrepeso é um agravante da osteoartrite.

Hidroginástica

A água possui características físicas tais como pressão hidrostática, tensão superficial e temperatura, que contribuem significativamente para a terapia da artrose. A água reduz até 80% do peso corporal, reduzindo significativamente a pressão sobre as articulações, costas e torso. Entre seus benefícios, podemos citar a melhora do arco de movimento e da flexibilidade, fortalecimento muscular e melhora das funções do sistema cardiovascular.

Natação

A natação é um dos exercícios mais apropriados para pessoa com artrose, ou outros problemas nas articulações e juntas, por ser uma atividade que não oferece impacto. Nadar auxilia o equilíbrio muscular, uma vez que a realização da atividade envolve a maior parte dos músculos. A natação contribui ainda para a melhora da postura e da flexibilidade da coluna.

Dança

Dançar ajuda a manter ou elevar a flexibilidade do corpo, contribuindo para a movimentação normal das articulações, aliviando também a rigidez e, consequentemente, a dor. De quebra, a dança ainda auxilia no controle de peso.

Referências:

  • Effects of exercise and physical activity promotion: meta-analysis informing the 2018 EULAR recommendations for physical activity in people with rheumatoid arthritis, spondyloarthritis and hip/knee osteoarthritis.
  • How does exercise dose affect patients with long-term osteoarthritis of the knee? A study protocol of a randomised controlled trial in Sweden and Norway: the SWENOR Study.
  • The role of muscle strengthening in exercise therapy for knee osteoarthritis: A systematic review and meta-regression analysis of randomized trials.

MUITO BOM! VOCÊ LEU TODO O CONTEÚDO. Ficou alguma dúvida? Então deixe uma pergunta nos comentários abaixo, que será respondida.