Painel Fóruns Instruções pré e pós-operatórias de Reconstrução do ligamento cruzado anterior (LCA)

  • Criador
    Tópico
  • #21735 Responder
    1. Programar o uso de muletas que serão levadas ao hospital e serão retiradas entre 10º e 15º dias de pós-operatório.
    2. Manter o curativo limpo e seco, secando e cobrindo após banho.
    3. O primeiro curativo poderá ser trocado no 1º de pós-operatório. Caso seja tegaderm, pode ser trocado no 3º ao 5º dia de pós-operatório.
    4. Usar a medicação prescrita, analgésica e anti-inflamatória durante 7-10 dias.
    5. Manter o joelho com extensão completa, não colocar travesseiros abaixo do joelho.
    6. Manter o joelho elevado o maior tempo possível.
    7. Andar com auxílio de muletas, dividindo o peso entre o membro operado e as muletas a partir da segunda semana. Ao caminhar, procurar apoiar inicialmente o calcanhar para estimular a extensão do joelho.

    Primeiras 24 horas de pós-operatório:

    – Posicionamento no leito:
    – Membro inferior em elevação, com extensão total do joelho, se possível com bolsa de gelo;
    – Manter o pé apontado para cima;
    – Estimular a mobilização da panturrilha;
    – Não colocar nada (travesseiros) abaixo do joelho. É importante que se consiga a extensão completa do joelho no primeiro dia de pós-operatório.

    1º dia de Pós-operatório:

    – Exercícios de contração do músculo quadríceps:
    – Mobilização do tornozelo;
    – Exercícios ativos dos pés;
    – Crioterapia (gelo), se possível, 20 minutos a cada 6 horas.

    2º, 3º e 4º dia de Pós-operatório:

    -Exercícios isométricos de quadríceps o maior tempo possível:
    -Manter-se o maior tempo possível na cadeira, evitando o leito;
    -Fazer flexão do joelho, preferencialmente até 90º;
    -Manter exercícios anteriores;
    -Iniciar descarga de peso parcial sobre o membro operado, com auxílio de muletas.

    Fases de cicatrização do LCA e reabilitação

    O conceito da cicatrização do enxerto e aderência aos túneis após a reconstrução do ligamento cruzado anterior deve ser desenvolvido em paralelo à reabilitação e ao treino do paciente.

    Com relação à resistência do enxerto, verifica-se a seguinte progressão:

    • 53% até o 3º mês
    • 45% do 3º ao 6º mês
    • 81% do 6º ao 9º mês
    • 90% no 12º mês

    Note que do 3º ao 6º mês, em tese, seria a época de menor resistência do enxerto e coincide com a fase de 100% de independência para atividades da vida diária, como subir e descer escadas, dirigir e trotar. Mesmo após uma reabilitação muito bem feita, o retorno ao esporte ainda é contra-indicado, pois uma entorse aparentemente inócua pode afrouxar o enxerto e comprometer o resultado da cirurgia.

    Ligamentização

    O objetivo da reabilitação é a manutenção da amplitude de movimento, retorno da força muscular, treino de equilíbrio (proprioceção) e tratamento dos déficits e desequilíbrios musculares.

    Fases de reabilitação do ligamento cruzado anterior

    Fase I (1ª semana):
    Objetivo – controle da dor e edema;
    Repouso relativo;
    Exercícios isométricos para quadríceps;
    Marcha com muletas;
    Especial atenção deve ser dada para que se consiga a extensão completa do joelho.

    Fase II (2º a 4º semana):
    Objetivo – ganhar arco de movimento (mínimo de 0º a 90º);
    2º semana: carga parcial, exercícios isométricos, flexão ativa (em prono ou sentado) e mobilização da patela;
    Ganho progressivo de ADM, até flexão simétrica em relação ao lado contralateral;
    3º semana: inicia bicicleta estacionária sem carga; Retirada das muletas;
    4º semana: acrescenta ½ kg de carga nos exercícios isométricos.

    Fase III (2º mês):
    Objetivo – iniciar ganho muscular e controle motor;
    Alongamento de isquiotibiais, muito cuidadoso se o enxerto utilizado foi o semitendíneo;
    Treinamento de marcha, iniciar o apoio com o calcanhar, forçando a extensão, sem claudicar (mancar);
    Carga progressiva nos exercícios isométricos.

    Fase IV (3º e 4º meses):
    Objetivo – incentivar ganho muscular e propriocepção;
    Inicio das atividades em academia de ginástica (poderá se iniciado antes, desde que autorizado pelo cirurgião);
    Exercícios de cadeia cinética fechada – bicicleta, “leg press”, “stepper”; Exercícios proprioceptivos;
    Exercícios de cadeira cinética aberta: mesa flexora;
    Manter os exercícios isométricos;
    Inicia corrida progressiva (esteira).

    Fase V (após 4 meses):
    Treinamento dos exercícios de impacto;
    Exercícios de cadeira cinética aberta: mesa extensora;
    Inicia corrida progressiva (pista);
    Alongamentos gerais.

    Fase VI (após 6 meses):
    Treinamento esportivo e programa de manutenção;
    (exercícios aeróbicos e localizados);
    Incentivado o treinamento esportivo específico do paciente, sem competição.

    Fase VII (após 8 meses):
    Retorno ao esporte competitivo.

     

    Protocolo de seguimento <– semanas –> <– meses –>
    1ª-2ª 3ª-4ª 5ª-6ª 7ª-8ª 9ª-12ª
    Amplitude de movimento
    – 0-90 graus X
    – 0-120 graus X
    – 0-total graus X
    Mobilização patelar X X X X
    Descarga de peso
    – 1/4-1/2 peso corporal 10º dia
    – 3/4-total peso corporal 14º dia
    Modalidades
    – Eletroneuro-estimulação X X X X X X
    – Crioterapia (edema e dor) X X X X X X X X
    Alongamento
    – Isquiotibiais, quadríceps, gastrocnêmios, TIT, rotadores externos X X X X X X X X
    Fortalecimento
    – Isométrico quadril X
    – Isotônico quadril X X X
    – Quadríceps e esquiotibiais co-contração X
    – Cadeia cinética fechada sem descarga de peso X
    – Cadeia cinética fechada com descarga de peso X X X X
    – Isométrico joelho X X X
    – Isotônico Joelho (90-60 graus) X X
    – Isotônico Joelho (20 – 0 graus) X
    – Leg Press (70 – 10 graus) X X X X
    – Isotônico de Tornozelo X X
    – Exercícios globais livres X X
    Equilíbrio / Propriocepção
    – Sem descarga de peso X X
    – Com descarga de peso X X X X X X
    – Multi-direcional / Esporte X X
    Condicionamento
    – Bicicleta estacionária X X X X X X X
    – Elíptico X X X X X X X
    – Natação X X X X X
    – Caminhada X X X X
    – Trote X X X X
    – Corrida X X X
    Hidroterapia X
    Pliometria X X X X
    Esporte X

     

    Orientações gerais:

Responder a: de Reconstrução do ligamento cruzado anterior (LCA)

You can use BBCodes to format your content.
Your account can't use Advanced BBCodes, they will be stripped before saving.

Sua informação: