Painel Fóruns Orientações terapêuticas Fontes de vitamina D

Este tópico contém 0 resposta, possui 1 voz e foi atualizado pela última vez por  Dr. Márcio Silveira 25/11/2018 at 11:31.

Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Autor
    Posts
  • #22950

    A principal fonte de produção da vitamina se dá por meio da exposição solar, pois os raios ultravioletas do tipo B (UVB) são capazes de ativar a síntese desta substância. Alguns alimentos, especialmente peixes gordos, são fontes de vitamina D, mas é o sol o responsável por 80 a 90% da vitamina que o corpo recebe. Ela também pode ser produzida em laboratório e ser administrada na forma de suplemento, quando há a deficiência e para a prevenção e tratamento de uma série de doenças.

    A orientação para pessoas com mais de 50 quilos é consumir entre 5.000 e 10.000 unidades de vitamina D ao dia. O mesmo vale para as gestantes e lactantes.

    No caso das crianças a orientação é ingerir até 1.000 unidades de vitamina D para cada 5 quilos de peso.

    A Vitamina D favorece a absorção do cálcio no intestino, sendo importante para fortalecer os ossos e os dentes.

    vitamina d

    • Atum
    • Sardinha
    • Ovo
    • Queijo cheddar
    • Carne bovina
    • Óleo de fígado de bacalhau
    • Fígado de galinha

    Riscos do consumo em excesso de vitamina D

    É importante destacar que o excesso de vitamina D só ocorre por meio da suplementação. Isto porque os alimentos não contam com quantidades grandes da substância e a obtenção dela por meio dos raios solares é regulada pela pele, que cessa a produção da vitamina quando atinge os valores necessários.

    Porém, o excesso por meio dos suplementos sem a orientação médica pode ser muito perigoso. Há o risco de ocorrer a elevação da concentração de cálcio no sangue e isso pode provocar a calcificação de vários tecidos, sendo que os mais afetados são os rins, que podem chegar a perder sua função.

Visualizando 1 post (de 1 do total)

Você deve fazer login para responder a este tópico.