Lateralização da patela é um problema muito grave?

 

Tema: dor na patela

A lateralização da patela (osso pequeno do joelho) em relação ao fêmur (osso da coxa) é um mau alinhamento do que chamamos de “aparelho extensor”, um conjunto de estruturas da frente do joelho composto pela patela, tendão patelar e músculo quadríceps. A patela passa a não mais se mover pelo seu trajeto anatomicamente correto, gerando pontos de pressão excessivos entre os dois ossos, o que causa dor e pode, com o tempo, gerar lesões na cartilagem.

Um dos tratamentos mais comentados para essa patologia é o fortalecimento de quadríceps (músculo da coxa), principalmente sua porção denominada vasto medial oblíquo. Porém, em muitos casos, a principal causa da lateralização da patela é um padrão de movimento inadequado no quadril, e, assim o fortalecimento dos músculos dessa região também é essencial.

Os músculos laterais e posteriores do quadril (glúteo médio, glúteo máximo, piriforme, gêmeos) exercem um papel de manutenção do alinhamento da coxa. Se esses músculos não estiverem trabalhando corretamente a coxa apresentará uma inclinação e rotação para dentro em movimentos com descarga de peso (valgo dinâmico), o que provocará o deslocamento lateral da patela e o desencadeamento da síndrome fêmoro-patelar.

Saiba mais sobre as alterações na patela >

0


Deixe uma resposta

  • Dr. Márcio Silveira on 19 de julho de 2021 às 12:03:34

Este post foi criado por Dr. Márcio Silveira Ligar 19/07/2021.

Pacientes do Dr. Márcio Silveira, Ortopedista em Brasília / DF