É um fator predisponente para instabilidade de patela.

Dr. Márcio Silveira: Ortopedista Especialista em Traumatologia Esportiva, Joelho - Adulto e Infantil - e Idoso trocleodisplasia

Classificação da displasia da tróclea:

  1. Tipo A: tróclea com a morfologia preservada, porém com sulco troclear raso (ângulo maior do que 145º)
  2. Tipo B: tróclea retificada
  3. Tipo C: facetas trocleares assimétricas, com hipoplasia da faceta medial e convexidade da faceta lateral
  4. Tipo D: assimetria das facetas trocleares, com presença de proeminência ventral supratroclear igual ou superior a 7 mm

Pode também contribuir para um desgaste mais acentuado da cartilagem patelo-femoral e causar a condropatia patelar. Em casos graves pode ser tratado com trocleoplastia.