Síndrome do Túnel do Carpo

síndrome do túnel do carpo

A síndrome do túnel do carpo, também chamada de síndrome do túnel carpal ou síndrome do canal cárpico, é o nome que designa uma neuropatia que acomete o nervo que passa na região do punho, o nervo mediano (localizado entre a mão e o antebraço), submetendo-o a compressão, resultando nessa afecção.

Sintomas

Nas mãos, dores, formigamento e sensação de choque são os mais comuns. As dores são bastante incômodas e surgem, principalmente, no período da noite. Nos casos mais graves, pode ocorrer atrofia muscular e, ainda, a perda da sensibilidade da mão.

A manifestação clínica mais comum nessa afecção é a parestesia (sensação de dormência e formigamento) nas mãos, em especial, nos dedos indicador, anelar e médio, com predominância no período noturno; contudo, pode estender-se até o antebraço, braço e ombros. Ao passo que a síndrome progride, torna-se difícil manipular objetos pequenos e executar tarefas simples, como, por exemplo, amarrar os sapatos.

Causas

Principais fatores de risco:

  • Hipotireoidismo
  • Acromegalia
  • Diabetes
  • Obesidade
  • Artrite reumatoide
  • Fraturas
  • Gravidez

É mais comumente resultante de movimentos repetitivos como digitar ou tocar instrumentos musicais, principalmente quando em posições não adequadas.

síndrome do túnel do carpo

Diagnóstico

É realizado através do exame médico clínico e do exame de eletroneuromiografia.

Tratamentos

Depois de constatada a síndrome do túnel do carpo, chega a hora de tratá-la. O tratamento convencional consiste em usar medicamentos anti-inflamatórios e no uso de tala para melhorar o posicionamento do punho por um determinado período, além de injeções de corticoesteroides.. Enquanto isso, o recomendado é fazer intervalos para descansar as mãos e os punhos, além de alongá-los.

>>> Exercícios para STC >>>

Quando essas medidas não são efetivas, então se faz necessário recorrer à cirurgia. “É indicada para casos graves, em que há uma grande compressão do nervo ou quando os tratamentos anteriores apresentaram pouca ou nenhuma melhora”.

A cirurgia consiste em abrir o retináculo do punho, para descomprimir o nervo.

Pós-operatório

Após a cirurgia do túnel do carpo , o processo de recuperação irá variar de pessoa para pessoa. Porém, de modo geral, o paciente fica com a faixa no braço no pós-operatório, e os pontos são retirados de 10 a 12 dias depois.

Como prevenir

Para quem usa o computador com frequência e passa muito tempo digitando, o conselho é sentar-se corretamente e apoiar os braços e punhos. Também é indicado fazer um intervalo a cada duas horas para alongar as mãos e braços. O objetivo é evitar que o mau posicionamento por tempo prolongado leve no desenvolvimento da síndrome.

>>> Exercícios laborais >>>

A síndrome do túnel do carpo pode ser prevenida por meio de adoção de algumas medidas, como:

  • Tentar evitar atividades que levem à realização de movimentos de flexo-extensão do punho;
  • Como alterações hormonais da tireóide e certas doenças, como a diabetes, podem causar neuropatias compressiva, estas condições devem ser controladas;
  • Mulheres no climatério estão mais propensas a desenvolver a síndrome do túnel do carpo, devido à queda na síntese de estrógeno, sendo assim, recomenda-se procurar um médico da área e seguir suas recomendações;
  • Sentar-se de modo correto e apoiar ambos os braços e punhos quando usar o computador, além de fazer pausas em casos de passar tempo prolongado nessa posição, alongando e relaxando costas, ombros, punhos e mãos.
cuidados na STC
Muito bom! Você leu todo o conteúdo. Gostou? Divulgue para seus amigos(as) e deixe um comentário ou dúvida aqui 

HORÁRIOS DE ATENDIMENTO

Segunda à Sexta em horário comercial

Veja a agenda clicando aqui