Traumatologia Esportiva

Tratamento da tensão muscular

A tensão muscular pode ser percebida, muitas vezes, como uma dor que atinge uma região ampla, por irradiação pela fáscia (é o que conecta todo o seu corpo).

Como a tensão muscular surge?

A principal causa da tensão muscular é o surgimento de pontos-gatilho. Essa, por sua vez, pode ter base em diversas situações. Como:

  • Falta ou excesso de movimentos;
  • Esforço repetitivo;
  • Stress;
  • Trauma direto;
  • Má postura.

O que deu para perceber é que a formação de pontos-gatilhos é muito comum. E podem aparecer em diversas regiões do corpo. Aliás, manter bons hábitos é essencial para evitar o problema. Mas isso não quer dizer que atletas, por exemplo, não sofram desse mesmo mal. Ainda assim, lembre-se de orientar os seus pacientes a manter uma rotina de atividades físicas, pois ela é muito importante para a saúde do corpo.

Tratamentos para tensão muscular

1. Acupuntura

Para a Medicina Chinesa, um ponto-gatilho se baseia em um acúmulo de energia. E a acupuntura tem como maior busca o equilíbrio dessas energias. Já que não é saudável mantê-la estagnada em determinados pontos. Pois, como vimos, isso causa, além da dor, incômodos que com certeza vão atrapalhar a rotina.

Para isso, o método se utiliza de agulhas aplicadas em pontos estratégicos e específicos. Com isso, estimula-se o ponto e a dor vai sendo neutralizada ao passo que a energia é dissipada para outros lugares do corpo.

Saiba mais sobre acupuntura >

2. Liberação miofascial

Uma outra técnica que possibilita o alívio da tensão é a liberação miofascial. Que é amplamente utilizada por especialistas da área para resolver o problema. Nesse caso, a liberação do ponto-gatilho é feita ou com as mãos ou com o auxílio de ferramentas específicas.

Em ambos os casos, tanto na liberação manual quanto na com ferramentas, o profissional deverá conhecer muito bem as técnicas. Pois o paciente está esperando sair do seu consultório ou clínica sem a sensação de desconforto.

Saiba mais sobre liberação miofascial >

3. Alongamento após a liberação dos pontos-gatilho

Depois de liberar a tensão é muito importante que o paciente faça movimentos leves para alongar a musculatura. Porque mesmo que a região tenha a pressão distribuída, ainda é preciso cuidado para que a flexibilidade do tecido seja plenamente devolvida.

Mas atenção: nada de sobrecargas! Nem mesmo para o alongamento. Entenda e faça o paciente compreender a importância do processo e de como a recuperação funciona.

Agendar consulta >
Saiba mais sobre distensão muscular >

TEM ALGUMA DÚVIDA? Então deixe uma pergunta nos comentários abaixo, que será respondida.

drmarciosilveira

Dr. Márcio R. B. Silveira, formado em 2006 pela faculdade federal de medicina da Universidade de Brasília (UnB), com especialização, no ano de 2009, em Traumatologia e Ortopedia pela residência da Secretária de Saúde de Brasília / DF, em sua rede pública de hospitais, com subespecialização, no ano de 2012, em cirurgia do joelho em Belo Horizonte / MG, acompanhando os médicos do Cruzeiro Esporte Clube e os serviços dos hospitais Maria Amélia Lins, Lifecenter, Belo Horizonte, Belvedere e João XXIII. Médico ortopedista especialista em Traumatologia com foco em Esportiva, Cirurgia do Joelho e Ortopedia do Idoso, atende em Brasília / DF, na sua clínica Salus Ortopedia, Fisioterapia e Acupuntura, fornecendo tratamento conservador e operatório no Cruzeiro, Asa Norte, Taguatinga e Ceilândia.

Disqus Comments Loading...

Esta página usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar navegando, entenderemos que você concorda com a nossa política de privacidade.