Um dos principais problemas que o sobrepeso pode acarretar nos joelhos é a chamadacondromalácia patelar, que é uma espécie de amolecimento da cartilagem localizada entre a patela e o fêmur. Essa condição causa fortes dores, inchaço, limitação nos movimentos e, ocasionalmente, sensação de crepitações e estalos durante a flexão do joelho afetado. É importante tratar a condromalácia patelar assim que ela é diagnosticada, pois essa condição pode avançar para umaartrose, causando a deterioração da articulação do joelho. O excesso de peso sobrecarregando o joelho é, inclusive, um dos grandes fatores de risco da artrose nessa região.

Dr. Márcio Silveira: Ortopedista Especialista em Traumatologia Esportiva, Joelho - Adulto e Infantil - e Idoso pernas obesidade joelhos

O mecanismo da artrose associada a obesidade é facilmente explicado pelo fato de que a força que passa pelo joelho em uma caminhada num terreno plano corresponde de 3 a 4 vezes o peso do nosso corpo. Isto significa que um acréscimo de 5kg na balança corresponde a um aumento de 15 a 20 kg sobre a articulação. Já durante uma subida ou descida de escadas ou corrida, a sobrecarga corresponde de 6 a 8 vezes o peso do corpo. Quando a pessoa percebe os sintomas da doença, deve procurar um especialista. Os principais são:

  • Dor no joelho após esforços e melhora com o repouso;
  • Rigidez da articulação ao levantar pela manhã que melhora com o início das atividades do dia;
  • Presença de estalos com o movimento;
  • Inchaço e calor;
  • Aumento do volume dos joelhos;
  • Limitação dos movimentos da articulação;
  • Atrofia dos músculos da coxa.