Cartilagem

cartilagem

A cartilagem é um tecido elástico, flexível e aderente às superfícies articulares dos ossos. Ela serve para revestir, proteger, dar forma e sustentação a algumas partes do corpo, como joelhos e ombros.

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, a cartilagem não se localiza apenas nas articulações.

Ela é encontrada em todo o corpo, preenchendo os espaços entre um osso e outro. A função desse tecido é muito importante, pois, por ser flexível, permite o deslizamento dos ossos e absorve o impacto entre eles.

A cartilagem de revestimento ósseo é a cartilagem hialina, existindo um outro tipo de cartilagem a nível articular, a fibrocartilagem, de que são constituídos os meniscos.

Além dos ossos, a cartilagem ainda é encontrada em outras partes moles do corpo, como a orelha e o nariz.

A cartilagem é um tecido vivo que está sempre em renovação, havendo em situações normais um equilíbrio entre a formação (anabolismo) e a destruição (catabolismo) da sua estrutura e uma pronta e eficaz resposta à reparação em caso de lesão.

A cartilagem é constituída por uma matriz extra-celular (proteoglicanos e colagénio) e por células (condrocitos) que controlam a formação e destruição fisiológicas da matriz.

Os condrócitos são as células próprias da cartilagem que têm a seu cargo a renovação de todos os outros elementos da cartilagem, nomeadamente o colágeno e os proteoglicanos.

anatomia do joelho - meniscos

No tecido cartilaginoso, não existem vasos sanguíneos, nervos e vasos linfáticos. Estas características justificam, em parte, a dificuldade de tratamento das lesões.

Tratamentos para as lesões de cartilagem

O tratamento da lesão de cartilagem busca re-equilibrar as forças musculares que agem na articulação comprometida.

Na maioria dos casos, o tratamento é iniciado com a fisioterapia e depois progredindo para exercícios de fortalecimento em academia.

Existem algumas medicações que costumam auxiliar na fase inicial do tratamento, como anti-inflamatórios, que auxiliam na diminuição da dor. Para alguns casos, são indicadas as infiltrações e viscosuplementação.

Quando o tratamento conservador não traz melhora, a melhor opção é a cirurgia. A intervenção pode ser mais simples como a remoção do local ferido e estímulo a formação com membranas especiais, em casos avançados, é necessária a colocação de uma articulação artificial, para substituir a cartilagem que não pode ser recuperada.

>>> O que é Condropatia >>>

>>> O que é Artrose >>>

Muito bom! Você leu todo o conteúdo. Gostou? Divulgue para seus amigos(as) e deixe um comentário ou dúvida aqui 

HORÁRIOS DE ATENDIMENTO

Segunda à Sexta em horário comercial

Veja a agenda clicando aqui

Deixe uma avaliação!