Cervicalgia e cervicobraquialgia

cervicobraquialgia ou cervicalgia

Esta patologia afeta aproximadamente 30% dos homens e 43% das mulheres em algum período da vida, especialmente durante a meia-idade. Relaciona-se habitualmente com a adoção de postura inadequada, movimentos bruscos do pescoço, tarefas repetitivas, serviços físicos pesados e manuais, e até mesmo alterações articulação têmporo-mandibular.

Cervicalgia ou Cervicobraquialgia?

Apesar do nome bastante complicado, a Cervicalgia é uma condição bem comum entre a população mundial, que é a dor ao redor do pescoço.

Para entender o que é e como ela se manifesta, é preciso começar conhecendo a coluna vertebral e a coluna cervical. O corpo humano possui uma coluna vertebral que é divida em cinco regiões. A primeira delas é a área cervical, chamada de coluna cervical, localizada no pescoço (nuca). Ela é composta por sete vértebras (ossos), as vértebras cervicais C1, C2, C3, C4, C5, C6 e C7.

Além das vértebras, também estão presente na região outras estruturas, como nervos, discos e ligamentos. É comum encontrar pessoas que sentem dor no pescoço por diferentes motivos, desconforto conhecido popularmente como torcicolo. Quando essa dor se intensifica e aparece em quadros mais frequentes, ela é chamada de Cervicalgia – cuja causa mais comum é a inflamação muscular.

>>> Saiba sobre a Fibromialgia >>>
>>> Dicas de Ergonomia >>> 
>>> Dor no pescoço e região escapular >>>

A cervicobraquialgia representa uma dor no pescoço que irradia para o ombro e/ou braço podendo ser unilateral ou bilateral.

Nem sempre que estes sintomas se manifestam eles são indicação clara de que se trate de cervicobraquialgia, visto que outras patologias ortopédicas podem apresentar esta sintomática. Assim, é bem importante consultar um especialista para obter o melhor diagnóstico.

As principais causas desse sintoma são as compressões nervosas na coluna, sendo que os nervos em questão são responsáveis pela sensibilidade e pela força motora dos membros superiores. Assim, por exemplo, o nervo da região cervical pode gerar dores ou sensação de formigamento no braço.

cervicalgia

Sintomas

Dor no pescoço (cervicalgia) onde o paciente adota uma postura antálgica (cabeça inclinada ou rodada), com limitação de movimento, e em determinadas posições a dor pode irradiar para todo o braço (cervicobraquialgia).

>>> Como tratar a Dorsalgia >>>
>>> Causas do Torcicolo >>>
>>> O que é Hérnia de Disco >>>

Os problemas de coluna são, portanto, os principais responsáveis pela cervicobraquialgia. Entre estes problemas, o mais comum é que a mesma seja causada por um estreitamento no canal vertebral cervical ou por uma hérnia discal.

Outras causas, como tumores, fraturas e infecções na região da coluna são menos frequentes mas podem também motivar o aparecimento da cervicobraquialgia.

Na compressão de nervos na coluna cervical, são comuns os seguintes sintomas:

    • Dor no pescoço que irradia para o ombro esquerdo;

    • Dor no pescoço que irradia para o ombro direito;

    • Dor no pescoço que irradia para o braço;

    • Sensação de choque;

    • Braço ou dedos das mãos com formigamento;

    • Perda de força nos membros.

Relacionado com erros ergonômicos do trabalho >

Retificação da lordose cervical

retificação da coluna é uma condição em que as curvaturas naturais da coluna estão alteradas. Esse desvio pode ser causado por diversos motivos como má postura ou encurtamento muscular.

A retificação da lordose cervical acontece quando a suave curvatura (lordose) que normalmente existe entre o pescoço e as costas não está presente, o que pode causar sintomas como dor na coluna, rigidez e contraturas musculares.

Dr. Márcio Silveira: Ortopedista Especialista em Traumatologia Esportiva, Joelho - Adulto e Infantil - e Idoso retracao cervical

A coluna vertebral humana tem curvaturas naturais. Quando você olha as costas por trás, a coluna deve estar reta e centrada sobre a pélvis. No entanto, quando você olha para a coluna de lado, pode perceber curvas, que são projetadas para manter o equilíbrio, pois a coluna está atrás de órgãos no peito e no abdômen.

Dr. Márcio Silveira: Ortopedista Especialista em Traumatologia Esportiva, Joelho - Adulto e Infantil - e Idoso curvaturas da coluna

Os efeitos da retificação da coluna variam de pessoa para pessoa, enquanto alguns sofrem um constante desconforto outros podem nem mesmo sentir dor.

A retificação em si não causa dor, mas seus efeitos sim. Independente do desvio causar ou não incômodo, os efeitos da retificação da coluna são sempre nocivos.

O movimento natural da coluna é prejudicado pela retificação. Por consequência há uma má distribuição do peso pelo tronco. Estruturas musculares tentam compensar a distribuição da carga. Ao fugir de sua estrutura natural e ideal, os músculos podem sofrer encurtamento e enfraquecimento, reduzindo os movimentos do tronco.

Principais sintomas da retificação cervical

Nem todas as pessoas que apresentam uma retificação da cervical apresentam sintomas. Nos casos mais leves, basta observar a pessoa de lado para notar a ausência da curva lordótica que deveria estar presente na região do pescoço.

Mas, quando acontecem, os sinais e sintomas da retificação da cervical geralmente incluem:

O diagnóstico pode ser feito pelo médico ou fisioterapeuta ao observar o indivíduo de lado, numa avaliação física. Nem sempre há necessidade de realizar exames de imagem como o raio X e a ressonância magnética, mas estes podem ser úteis quando existem sintomas, como formigamento na cabeça, braços, mãos ou dedos, ou mesmo sensação de queimação, o que pode indicar uma compressão do nervo que pode estar acontecendo devido a uma hérnia de disco cervical.

Tratamento da retificação cervical

Geralmente recomenda-se fisioterapia e exercícios que trabalham o fortalecimento muscular, alongamentos, reposturamento e exercícios que ajudam no equilíbrio postural, como o RPG e pilates.

Diversos exercícios podem ser feitos em casa a fim de acelerar a correção e adquirir melhor qualidade de vida. Apesar dessa acessibilidade aos exercícios, em casos mais agudos quem sofre dessa condição não deve tentar exercitar-se sozinho: a orientação médica é essencial e indispensável.

Dor cervical pelo celular

Hoje vamos falar sobre um assunto que afeta a quase todos nós: o uso recorrente do celular (smartphone) e a sua saúde. A cabeça humana pesa pouco mais de 5 kg. Mas como o pescoço inclina para a frente e para baixo, o peso sobre a coluna cervical começa a aumentar. Em um ângulo de 15 graus, este peso é de cerca de 12 kg, a 30 graus é 18 kg, a 45 graus é 22 kg, e a 60 graus é 27 kg.

Dr. Márcio Silveira: Ortopedista Especialista em Traumatologia Esportiva, Joelho - Adulto e Infantil - e Idoso inclinicacao do pescoco e problemas na coluna

Esse é o peso ao olhar para um smartphone – o que milhões de pessoas fazem por horas todos os dias, de acordo com estudo publicado por Kenneth Hansraj na National Library of Medicine. O estudo será publicado na Surgical Technology International. Ao longo do tempo, dizem os pesquisadores, essa má postura, às vezes chamada de “pescoço de texto” ou “text neck” pode levar a um desgaste e lesões no início da coluna vertebral, com a aceleração do processo degenerativo, com importantes consequências.

Sintomas associados com o “pescoço de texto”

Pescoço de texto mais comumente provoca dor cervical e cefaléia.

Além disso, olhar para o seu telefone celular muitas vezes ao dia pode levar a:

    • Dor nas costas que vão desde uma dor crônica, irritante para, graves espasmos musculares das costas superiores.

    • Dor no ombro e tensão, possivelmente resultando de um espasmo muscular e ombro doloroso.

Se um nervo cervical for comprimido, os sintomas neurológicos podem refletir no seu braço e em sua mão.

Como é tratado o pescoço de texto?

Há passos que você pode realizar para evitar o text neck e postura de cabeça para a frente. O primeiro passo é manter a sua coluna vertebral e postura adequadamente alinhada e saudável.

Assim, a prevenção é fundamental. Aqui estão alguns conselhos importantes para prevenir o desenvolvimento ou avanço do pescoço de texto:

    • Desça os seus olhos para baixo ao olhar um dispositivo. Não há necessidade de dobrar o pescoço.

    • Exercício: Mova a cabeça da esquerda para a direita várias vezes. Use as mãos para oferecer resistência e empurrar sua cabeça contra eles, primeiro para a frente e depois para trás. Coloque-se em uma porta com os braços estendidos e empurre o peito para a frente para fortalecer “os músculos com uma boa postura”.

    • Mantenha o seu telefone celular no nível dos olhos sempre que possível. O mesmo vale para todas as telas de laptops e tablets que também devem ser posicionadas de modo que a tela esteja ao nível dos olhos e você não tenha que dobrar sua cabeça para a frente ou olhar para baixo.

    • Faça pausas frequentes do seu celular e laptop durante o dia. Por exemplo, coloque um alarme que lembre você de se levantar e caminhar a cada 20 ou 30 minutos.

    • Se você trabalha em um escritório, certifique-se de que sua tela esteja configurada de modo que quando você olha para ela, você esteja olhando para a frente, com a cabeça posicionada diretamente na linha dos ombros e coluna vertebral.

O seu limite é evitar olhar para baixo com a cabeça inclinada para a frente por longos períodos durante o dia. Passar um dia inteiro consciente da sua postura: sua cabeça fica muito inclinada para a frente quando você dirige? Quando você assiste TV? Qualquer período prolongado que sua cabeça estiver para baixo você está colocando pressão excessiva sobre o seu pescoço.

Tratamento da cervicalgia

O tratamento da Cervicalgia pode variar de caso para caso dependendo dos sintomas e da causa. Se o ponto de partida da condição for uma Hérnia de Disco, por exemplo, é preciso tratar não só os sintomas da Cervicobraquialgia, mas também a doença causadora da mesma.

Em geral, o médico indica uso de medicação adequada para aliviar os sintomas, principalmente a dor. Anti-inflamatórios e relaxantes musculares costumam ser bastante usados no tratamento da condição.

É importante também que, durante o tratamento, o paciente repouse e evite sobrecarregar a região afetada. A coluna cervical trabalha o tempo todo, até para realizar os mínimos movimentos da cabeça, e não tencioná-la e melhorar a postura são essenciais para obter um bom resultado.

Outra parte essencial do tratamento é a fisioterapia que ajuda na recuperação da força e dos movimentos.

>>> Exercícios de reabilitação >>>
>>> Infiltrações e Bloqueios >>>
>>> Tratamento da discinesia escapular >>>

Exercícios acompanhados por profissionais, como Fisioterapia, Acupuntura, RPG e Pilates, também são utilizados para prevenção de novos episódios da Cervicalgia.

Tratamento especializado e individualizado em Brasília / DF.

Tratamento da cervicobraquialgia

Dr. Márcio Silveira: Ortopedista Especialista em Traumatologia Esportiva, Joelho - Adulto e Infantil - e Idoso cervicobraquialgia

Quando você desconfia que pode sofrer de cervicobraquialgia deve consultar um especialista da coluna para realizar um exame físico. Esse exame inclui uma avaliação de sua motricidade, de sua sensibilidade e de seus reflexos nos membros. A manobra de Spurling poderá também ser realizada para avaliar se existe compressão nervosa na cervical, podendo ainda ser necessária a realização de uma ressonância magnética, tomografia ou de uma eletroneuromiografia para complementar o diagnóstico.

Os tratamentos dependerão muito do diagnóstico realizado pelo especialista e podem ser de variados tipos, sendo os mais comuns a fisioterapia; a correção postural e exercícios com esta relacionados; as terapias manuais; a acupuntura e a cinesioterapia.

Alguns medicamentos poderão também ser introduzidos na rotina do paciente, de acordo com a avaliação médica concretizada. Até mesmo alguns casos de hérnia de disco cervical que necessitam de tratamento cirúrgico. Fique atento principalmente se dores muito intensas associadas alteração de força muscular e perda de sensibilidade no braço.

Perguntas frequentes

Qual a diferença entre cervicalgia e Cervicobraquialgia?2023-06-11T09:52:43-03:00

Se a cervicalgia pode causar dor e rigidez na nuca, dores de cabeça, desconforto ao movimentar a cabeça, formigamento no pescoço e tontura; a cervicobraquialgia ocorre quando a dor está em um dos lados e segue para o ombro e braço, sendo causada, entre outras coisas, pelo pinçamento ou dano a algum nervo responsável.

O que é bom para cervicalgia?2023-06-11T09:52:10-03:00

Em um primeiro momento, busca aliviar a dor e, para isso, o médico pode prescrever analgésicos ou anti-inflamatórios. É aconselhável aplicar calor na área dolorosa. O uso de um colar cervical também pode ser proposto, principalmente em casos de torcicolo.

Quais são os sintomas da cervicalgia?2023-06-11T09:51:35-03:00

Entendendo os sintomas da cervicalgia crônica:
  • Desconforto ao movimentar a cabeça;
  • Rigidez na nuca;
  • Dor na nuca que se espalha por ombros e braços;
  • Tonturas;
  • Formigamento no pescoço;
  • Dores de cabeça;
  • Alteração da musculatura na região afetada;
  • Alteração de força e sensibilidade;

[jetpack-related-posts]

2024-01-21T21:42:00-03:00

Sobre o Autor:

Dr. Márcio R. B. Silveira, formado em 2006 pela faculdade federal de medicina da Universidade de Brasília (UnB), com especialização, no ano de 2009, em Traumatologia e Ortopedia pela residência da SES / DF, com subespecialização, no ano de 2012, em cirurgia do joelho e trauma esportivo em Belo Horizonte / MG, acompanhando os médicos do Cruzeiro Esporte Clube nos hospitais Maria Amélia Lins, Lifecenter, Belo Horizonte, Belvedere e João XXIII. Médico ortopedista especialista em Traumatologia com foco em Esportiva (ombro, quadril, tornozelo, pé, cotovelo), Cirurgia do Joelho, Adulto e Infantil, e Ortopedia do Idoso em Brasília / DF.

Deixar Um Comentário

Ir ao Topo