Ergonomia – Prevenindo dores no trabalho

Início/Dicas de saúde/Ergonomia – Prevenindo dores no trabalho
ergonomia

É comum queixas no consultório de pacientes com dores em diversos lugares do corpo, sem nenhum tipo de machucado ou contusão.

Devemos lembrar da lesão por esforço repetitivo, que ocorre devido à sobrecarga pela utilização excessiva de determinados movimentos, com ou sem exigência de esforço localizado, ou pela permanência do corpo em certas posições por um tempo prolongado, ou seja, pela falta de ergonomia.

Aparecem em atividades ligadas ao uso de força, posturas com desvios do eixo anatômico, compressão sobre os tecidos, vibração e repetição.

A rotina do paciente é de suma importância para o diagnóstico e deve-se ter uma noção clara do que ocorre no ambiente de trabalho e em casa.

Ergonomia: posições prejudiciais que devem ser evitadas

  1. Curvar a coluna e levantar bruscamente;
  2. Deslocar ou carregar objetos torcendo a coluna;
  3. Levantar pesos mantendo-os afastados do seu corpo;
  4. Levantar pesos arqueando a coluna para trás.
  5. Manter-se por muito tempo em posições fixas, seja sentado ou em pé.
    *evitar a posição sentada especialmente com o tronco fletido para frente num tempo maior que 40-60 minutos seguidos.
Lesões por esforço - ergonomia

Ergonomia: atitudes para evitar os problemas

Esse tipo de problema porém, com medidas relativamente simples, tem soluções para evitar a lesão.

Coluna

– Evite dobrar a coluna ao levantar o peso. Traga o peso o mais próximo do seu corpo antes de levantá-lo e para transportá-lo, mantenha-o na altura da cintura;
– Divida o peso em dois volumes, um em cada mão, para equilibrar o esforço;
– Ande sempre com a coluna alinhada, mantendo a barriga para dentro (músculos contraídos), peito para fora e olhando para o horizonte (para frente);
– Para não sobrecarregar suas costas aos subir as escadas, não se incline para frente;

Postura

– Evite ficar muito tempo na mesma posição nas atividades diárias. Use mesa para passar roupa na altura do seu cotovelo e um banco para apoiar um dos pés, o que alivia a tensão na região lombar. Faça o mesmo ao permanecer em pé numa fila, ou ao lavar roupa ou louça, apoiando um dos pés no alto.
– Trabalhe em mesa ou balcão que propicie ficar com a coluna alinhada, procurando sempre mantê-los na altura dos cotovelos e flexionando os joelhos (você pode usar um banquinho embaixo de um dos pés);
– Use sempre cadeira de encosto e assento reto. Posicione-se próximo à mesa e a altura dos cotovelos. Sente-se sempre de encontro ao encosto e evite dobrar o pescoço para frente. Se necessário, use um apoio inclinado de livro sobre a mesa para não precisar dobrar o pescoço para ler ou escrever;

Posição

– Evite torções ou movimentos de “agacha e levanta” freqüentes no serviço. Posicione seus objetos à frente e em posição confortável;
– Evite torção do pescoço ao atender e segurar o telefone;
– Sente-se sempre em cadeira de encosto reto para ler ou assistir TV. Se necessário, coloque uma almofadinha entre sua coluna lombar e o encosto da cadeira;
– Ao dirigir, sente-se junto ao banco apoiando a cabeça no encosto. Use o cinto de segurança; evite torções bruscas olhando para trás; use o retrovisor;

>>> Cuidados que deve ter ao trabalhar sentado >>>
>>> Exercícios para ginástica laboral >>>

Dia a dia

– Não assista televisão ou leia na cama em qualquer posição;
– Evite usar salto alto, que acentua a sua lordose lombar, podendo causar dor e até mesmo quedas;
– Ao trocar de roupas, calçar um sapato ou lavar os pés no banho, sente-se em um banco, evitando dobrar o corpo para frente. Puxe sempre o pé na direção de sua cintura;
– Use um banquinho para apanhar objetos no alto, limpar janelas ou colocar roupas no varal;
– Para dormir, evite a posição de bruços, pois ela aumenta a tensão lombar. Prefira a posição de lado ou de barriga para cima.
– Ao levantar-se da cama, vire-se de lado e com ajuda dos braços empurre seu corpo para cima, eleve o corpo, soltando as pernas para fora da cama.

>>> Medidas para adaptações >>>

Ergonomia ao dormir

De lado, use um travesseiro embaixo do pescoço, que deve fazer o contorno dos ombros (a altura deste travesseiro deve preencher o espaço entre seu ombro e sua orelha) e outro entre os dois joelhos. De barriga para cima, procure usar um travesseiro bem alto embaixo dos joelhos e outro mais baixo, sob a cabeça;

>>> Importância do sono no controle da dor >>>

Dores devido o trabalho - ergonomia

Modificar hábitos

É importante ajustar a ergonomia e entender que pequenas mudanças em seus hábitos diários são necessários para uma vida mais saudável.

Iniciar alguma atividade física no mínimo 4 vezes por semana é o ideal para aumentar o vigor físico, melhorar o tônus muscular e a nutrição da cartilagem articular. Pode ser caminhada, natação, corrida, arte marcial, dança, algo de sua preferência. Além disso, pode realizar exercícios simples no trabalho.

>>> Exercícios para quem trabalha sentado >>>

Saiba o que é:

>>> Dorsalgia >>>

>>> Fibromialgia >>>

>>> Epicondilite >>>

>>> Dedo em Gatilho >>>

>>> Tendinite de De Quervain >>>

>>> Síndrome do Túnel do Carpo >>>

Muito bom! Você leu todo o conteúdo. Gostou? Divulgue para seus amigos(as) e deixe um comentário ou dúvida aqui 
clínica salus trata

Agende uma consulta!

Descubra nossos protocolos de tratamento eficazes e sem cirurgia, baseados em exame clínico detalhado, exame tridimensional do movimento, marcha, postura, corrida e atendimento cordial.

HORÁRIOS DE ATENDIMENTO

Segunda à Sexta em horário comercial
Em Brasília / DF, no plano piloto, Asa Norte, Ceilândia e Águas Claras.

Veja a agenda clicando aqui

Perguntas frequentes

Qual é o principal objetivo da ergonomia?2020-03-11T21:13:02-03:00

O principal objetivo da ergonomia é desenvolver e aplicar técnicas de adaptação de elementos do ambiente de trabalho ao ser humano, com o objetivo de gerar o bem-estar do trabalhador e consequentemente aumentar a sua produtividade.

O que é a ergonomia no trabalho?2020-03-11T21:11:32-03:00

A ergonomia é também conhecida como o estudo da relação entre o homem e o seu ambiente laboral. Podemos dizer que a ergonomia no trabalho oferece ao indivíduo, o conforto adequado e os métodos de prevenção de acidentes e de patologias especificas para cada tipo de atividade executada.

Artigos relacionados

2020-03-11T21:17:29-03:00

Sobre o Autor:

Dr. Márcio R. B. Silveira, formado em 2006 pela faculdade federal de medicina da Universidade de Brasília (UnB), com especialização, no ano de 2009, em Traumatologia e Ortopedia pela residência da Secretária de Saúde de Brasília / DF, em sua rede pública de hospitais, com subespecialização, no ano de 2012, em cirurgia do joelho e traumatologia esportiva em Belo Horizonte / MG, acompanhando os médicos do Cruzeiro Esporte Clube e os serviços dos hospitais Maria Amélia Lins, Lifecenter, Belo Horizonte, Belvedere e João XXIII. Atuante principalmente no tratamento de lesões de cartilagem, buscando sua reparação e transplante; lesões de menisco com sutura em crianças e reparo; rupturas ligamentares articulares e sua reconstrução biológica e prevenção; tratamento da artrose, com medidas medicamentosas e artroplastias; tendinites e rompimento de tendões provocadas tanto por atividades esportivas, como por alterações degenerativas; fraturas em idosos que apresentam ossos mais frágeis; e enfoque na reabilitação muscular e postural. Médico ortopedista especialista em Cirurgia do Joelho, Traumatologia Esportiva e Ortopedia do Idoso, atende em Brasília / DF, na sua clínica Salus Ortopedia, Fisioterapia e Acupuntura, fornecendo tratamento conservador e operatório no Plano Piloto, Asa Norte, Águas Claras e Ceilândia.

Deixe um comentário ou questionamento