Lesão dos ligamentos colaterais do joelho >

– Lesão do Ligamento Colateral Medial

Essa é a lesão ligamentar mais comum do joelho. Quando o paciente é acometido de maneira isolada por uma lesão nesse ligamento, tende a apresentar dor e inchaço localizado, hemartrose (derrame de sangue dentro da articulação). Em caso de suspeita dessa lesão, todos os ligamentos e meniscos do joelho devem ser examinados, pois podem existir lesões associadas. Tratamento cirúrgico destas lesões é raramente necessário. Saiba como é tratamento não cirúrgico aqui >

– Lesão do Ligamento Colateral Lateral

Lesões deste ligamento são menos comuns se comparadas às ocorrências do medial. Entretanto, quando ocorrem, geralmente são mais graves e raramente são lesões isoladas. Por consequência, o tratamento destas lesões é bem mais difícil, sendo, na maioria das vezes, operatório, veja aqui >

Classificação das lesões ligamentares

Dr. Márcio Silveira: Ortopedista Especialista em Traumatologia Esportiva, Joelho - Adulto e Infantil - e Idoso ligamento colateral joelho

Grau 1 : O ligamento é levemente danificado em um entorse . É um estiramento leve.

Grau 2 : Referido como uma ruptura parcial do ligamento.

Grau 3  : ruptura completa do ligamento, tornando a articulação do joelho é instável.

Reabilitação do joelho após lesão dos ligamentos

Lesões ligamentares são preferencialmente tratadas em CCF (cadeia cinética fechada), dependendo da condição do paciente e da idade da lesão, pois a CCF confere maior estabilidade articular.

Caso seu aluno esteja na fase crônica da reabilitação do joelho, sem apresentar grandes falseios, utilizando a angulação de proteção, a CCA (cadeia cinética aberta) pode ser realizada sem maiores intercorrências.

Agachamentos unilaterais que priorizem a fase excêntrica do exercício podem ser realizados sobre uma rampa de até 25º, visando a maior ativação do quadríceps, na fase intermediária de reabilitação.

Alongamentos de isquiotibiais também são importantes, visto que o encurtamento deste grupo muscular gera sobrecarga.

De forma geral, a ênfase no fortalecimento dos músculos estabilizadores de MMII, e de centro, têm resultado extremamente satisfatório nas patologias do joelho, independente se são lesões traumáticas ou degenerativas.

Agende uma reabilitação >
Exercícios de propriocepção para os joelhos >

Retorno aos esportes

Em lesões grau I e II, em geral ocorrem em 6 a 8 semanas. O principal parâmetro para o retorno é a melhoria da dor. O retorno deve ser gradual e com incremente semanal.

[jetpack-related-posts]