Uma das lesões de joelho mais comuns é a entorse com estiramento ou ruptura do ligamento cruzado anterior. Os atletas que participam de esportes de alta demanda, como futebol, handebol e basquete são mais propensos a ter ligamento cruzado anterior rompido no joelho.

ruptura do ligamento cruzado anterior

Caso tenha ligamento cruzado anterior rompido, pode necessitar de cirurgia para recuperar a função total após a lesão para estabilizar o joelho. Isso vai depender de vários fatores, tais como a gravidade de sua lesão e seu nível de atividade.

Cerca de metade de todas as lesões do ligamento cruzado anterior ocorrem em conjunto com danos a outras estruturas do joelho, como cartilagem articular, meniscos ou outros ligamentos.

Ruptura de ligamento cruzado anterior parcial é rara. A maioria das lesões do LCA são completas.

>>> Saiba sobre a Anatomia dos ligamentos cruzados >>>

>>> Ruptura do ligamento cruzado posterior >>>

>>> Re-rotura do ligamento cruzado anterior >>>

>>> Ruptura do ligamento cruzado em crianças >>>

Causas da ruptura do ligamento cruzado anterior

O ligamento cruzado anterior pode ser traumatizado de várias maneiras:

  • Mudar de direção rapidamente, provocando rotação externa da perna
  • Parando de repente
  • Aterrisar de um salto incorretamente
  • O contato direto ou colisão, como um choque com um adversário

Vários estudos têm mostrado que atletas do sexo feminino têm uma maior incidência de lesão do LCA do que atletas do sexo masculino em determinados esportes. Tem sido proposto que isto é devido a diferenças no condicionamento físico, força muscular e de controle neuromuscular. Outras causas sugeridas incluem diferenças na pelve e alinhamento dos membros inferiores (o joelho é valgo – para dentro), aumento da frouxidão nos ligamentos e os efeitos do estrogênio sobre as propriedades do ligamento.

>>> Conheça o treinamento para prevenção >>>
>>> Saiba mais sobre os problemas no joelho >>>

Sintomas da ruptura do ligamento cruzado anterior

Quando você lesa o seu ligamento cruzado anterior (LCA), você pode ouvir um estalido e também sentir mudança no movimento do joelho, como se fosse “falsear”. Outros sintomas típicos incluem:

  • Dor no joelho com o inchaço. Após repouso, o inchaço e a dor podem se resolver por conta própria. No entanto, ao tentar retornar ao esporte, o joelho provavelmente estará instável e corre o risco de causar mais danos à cartilagem de amortecimento (meniscos) do joelho.
  • Perda de amplitude de movimento
  • Sensibilidade ao longo da linha articular
  • Desconforto ao caminhar

Exame médico na ruptura do ligamento cruzado anterior

Exame Físico e Histórico do Paciente

Durante sua primeira visita, o médico vai perguntar para você sobre seus sintomas e história do trauma.

Os exames de imagem

Exames que podem ajudar o seu médico a confirmar o diagnóstico de ruptura do ligamento cruzado anterior incluem:

Raios-X (radiografia): Embora eles não mostrem qualquer prejuízo para o seu ligamento cruzado anterior, os raios X podem mostrar se a lesão está associada com um osso quebrado.

Ressonância Magnética: Este exame cria melhores imagens de tecidos moles, como o ligamento cruzado anterior. No entanto, uma ressonância magnética geralmente pode não diagnosticar um rompimento do LCA nas primeiras 2 semanas da lesão.

O tratamento para uma ruptura do LCA irá variar dependendo das necessidades individuais do paciente. Por exemplo, o jovem atleta envolvido em esportes de agilidade provavelmente irá necessitar de cirurgia para voltar em segurança para esportes. Os pouco ativos, geralmente indivíduos mais velhos, podem ser capazes de retornar a um estilo de vida mais calmo, sem a necessidade de cirurgia.

Tratamento da ruptura do ligamento cruzado anterior

Tratamento conservador

O ligamento cruzado anterior rompido no joelho não vai cicatrizar sem cirurgia. Mas o tratamento conservador pode ser eficaz para pacientes idosos ou para aqueles com um nível de atividade muito baixa. Se a estabilidade global do joelho está intacta, o seu médico pode recomendar essas opções:

Órtese:
O seu médico pode recomendar uma joelheira para proteger seu joelho de instabilidade. Para proteger ainda mais seu joelho, você pode usar muletas para mantê-lo com menor descarga de peso.

Fisioterapia:
Com a redução do inchaço, um programa de reabilitação cuidadoso é iniciado. Exercícios específicos são iniciados para restaurar a função do seu joelho e fortalecer os músculos que o sustentam.

>>> Conheça o Protocolo fisioterápico >>>

>>> Lesão do ligamento colateral medial >>>

Tratamento Cirúrgico

A ruptura do ligamento cruzado anterior não pode ser suturada (costurada) de volta. Para reparar cirurgicamente o LCA e restaurar a estabilidade do joelho, o ligamento deve ser reconstruído. O seu médico irá substituir o ligamento com um enxerto de tecido. Este enxerto atua como um andaime para um novo ligamento crescer.

Enxertos podem ser obtidos de várias fontes. Eles podem ser retirados do tendão patelar, que corre entre a patela e a tíbia, dos tendões da parte de trás da coxa (flexores) são uma fonte comum de enxertos. Às vezes, um tendão do quadríceps, que vai da rótula na coxa, é usado. Finalmente, um enxerto de cadáver (aloenxerto) pode ser usado (nos países que possuem banco de tecidos).

Recuperação

A recuperação completa leva tempo, pode ser de oito meses ou mais antes que um atleta possa retornar ao esporte após a cirurgia.

>>> Reconstrução do LCA – técnica operatória >>>

anatomia do ligamento cruzado anterior
Muito bom! Você leu todo o conteúdo. Gostou? Divulgue para seus amigos(as) e deixe um comentário ou dúvida aqui 
Clínica Salus Trata

Agende uma consulta!

Descubra nossos protocolos de tratamento eficazes e sem cirurgia, baseados em exame clínico detalhado, análise computadorizada da marcha e corrida e mais de 60 trabalhos científicos.

HORÁRIOS DE ATENDIMENTO

Segunda à Sexta em horário comercial

Veja a agenda clicando aqui

Deixe uma avaliação!