Dor no Joelho Anterior: causas e tratamentos

Corredores, saltadores e outros atletas, como os esquiadores, ciclistas, jogadores de futebol colocam estresse pesado em seus joelhos. O joelho do corredor é um termo utilizado para se referir a um número de condições médicas que causam dor no joelho anterior (dor patelo-femoral). Estas condições fazem parte da síndrome de dor anterior no joelho: tendinites, bursites, fratura de estresse, síndrome do atrito ilio-tibial, mal alinhamento patelofemoral e condropatia patelar.

Causas da dor no joelho anterior

O joelho é uma estrutura complexa e muito sensível. Uma série de fatores podem contribuir para a dor anterior no joelho ou femoropatelar (ou patelofemoral), incluindo:

  • Mal alinhamento da patela
  • Luxação ou subluxação patelar
  • Trauma
  • Desequilíbrio ou fraqueza dos músculos da coxa
  • Pés planos

Dor no joelho anterior podem ter várias causas. Dor patelofemoral pode ser o resultado de irritação dos tecidos moles em torno da região anterior do joelho. Tendinites são bastante comuns em atletas. Outros fatores que contribuem incluem uso excessivo, desequilíbrio muscular e alongamento inadequado, provocando hipersolicitação do mecanismo extensor do joelho. Dor que começa em qualquer outra parte do corpo, tal como na coluna ou quadril, pode causar dor no joelho (dor referida).

>>> O que é cartilagem? >>>

Em algumas pessoas, a patela está deslocada. Se assim for, atividades vigorosas podem causar estresse excessivo e desgaste na cartilagem da tróclea. Isso pode levar à perda da firmeza e desgaste da cartilagem na patela (condromalácia) e causar dor no osso subjacente e irritação dos tecidos moles circundantes. Muito comumente, inflamando a gordura ao redor do tendão patelar, conhecida como gordura de Hoffa, provocando Hoffite.

>>> Conheça a Anatomia básica do joelho >>>

Sintomas

Uma constante dor sob ou ao redor da patela é a principal queixa na dor no joelho anterior, onde se conecta com a extremidade inferior do osso da coxa (fêmur). A dor ocorre quando subir ou descer escadas, ajoelhar-se, agachar e sentando-se com o joelho dobrado por um longo período de tempo. Aparece também durante ou após atividades com impacto.

dor no joelho anterior

Geralmente a dor anterior no joelho aparece em pessoas que realizam atividades atléticas ou diárias que excedam a capacidade absortiva de carga do mecanismo extensor do joelho (tendão quadricipital, patela, ligamento patelar, gordura de Hoffa) podem desenvolver uma inflamação de uma ou todas essas estruturas, desencadeando dor e desconforto anterior na região do joelho.

O mais comum é ocorrer devido fraqueza ou desbalanço muscular dos membros inferiores, correspondendo a síndrome da dor patelofemoral ou dor anterior no joelho.

Diagnóstico da causa da dor anterior no joelho

Seu diagnóstico é firmado com ressonância magnética, que costuma demonstrar síndrome de hipersolicitação do mecanismo extensor do joelho com edema da gordura de Hoffa e derrame articular.

Histórico médico

O seu médico fará uma avaliação médica completa para saber mais sobre os seus sintomas . Informe ao seu médico sobre qualquer participação esportiva ou treinamento que você está envolvido, e quais atividades agravam a sua dor no joelho. Houve algumas alterações recentes à duração , freqüência ou intensidade de suas atividades? Quaisquer alterações nas superfícies que você pratica esportes?

Exame físico

Realizar uma avaliação de seu joelho para ajudar a determinar a causa da dor .

Exames de imagem

Pode pedir exames de imagem para diagnóstico, como radiografias, ressonância magnética (RM) e tomografia computadorizada (TC), e exames de sangue para descartar danos à estrutura do joelho e aos tecidos que conectam nele .

Prevenção da dor no joelho anterior

dor anterior no joelho

 

Mantenha-se em forma: Um bom condicionamento físico geral é importante para controle e prevenção da dor femoropatelar . Se você for muito pesado, pode precisar perder peso para evitar a sobrecarga dos joelhos.

>>> Como Corrigir o valgo dinâmico >>>

Alongamento: Antes de executar qualquer exercício, em primeiro lugar fazer um aquecimento de 5 minutos, seguido de exercícios de alongamento. Alongamento vai ajudar a manter as estruturas de suporte ao redor do joelho flexíveis e menos propensas a irritações com o exercício. Por exemplo, quando deitado de bruços, agarrar o tornozelo da perna afetada com uma mão, e esticar suavemente parte da frente do joelho. Alongar antes e depois dos exercícios.

>>> Aquecimento para evitar lesões >>>

Aumentar a carga gradualmente: Evite mudanças bruscas na intensidade do exercício. Aumentar a força ou a duração das atividades gradualmente.

>>> Cuidados na condropatia patelar >>>

Use equipamento adequado: Use tênis com boa absorção de choques e com boa aderência. Certifique-se que os sapatos se encaixam corretamente e estão em boas condições.

>>> Escolhendo calçados esportivos >>>

Realize as atividades de modo apropriado: Exemplo ao correr: incline-se para frente e manter os joelhos dobrados, além disso, tente executar em uma superfície limpa , plana e razoavelmente macia; nunca correr em linha reta por uma colina íngreme, caminhe por ela ou corra em ziguezague.

>>> Exame de Análise da marcha >>>

Tratamento da dor anterior no joelho

Irá depender do problema particular que provoca a dor no joelho, e é geralmente conservador (não cirúrgico)..

Tratamento especializado e individualizado em Brasília / DF.

Medidas iniciais

Pare de fazer qualquer atividade que cause dor no joelho anterior. Isso provavelmente significa parar de correr ou saltar .

Use a fórmula RICE:

  • Repouso: Evite colocar peso sobre o joelho doloroso. Alguns atletas mudam temporariamente para uma atividade sem carga, tais como natação.
  • Gelo (Ice): Aplicar compressas frias ou gelo envolto em uma toalha por curtos períodos de tempo (15 minutos), várias vezes ao dia.
  • Compressão: Usar uma bandagem elástica como uma joelheira simples com espaço para encaixe da patela sem causar dor.
  • Elevação: Mantenha o joelho levantado mais alto que o coração.

Tomar medicamentos anti- inflamatórios não-esteróides, se você precisar de mais alívio da dor no joelho anterior. Se o seu joelho não melhora com repouso, consulte o seu médico para uma avaliação médica completa e diagnóstico. A dor femoropatelar geralmente fica melhor com o tratamento precoce e recondicionamento.

>>> Como é a Infiltração com ácido hialurônico >>>

Tratamento conservador da dor no joelho anterior

Depois de descansar o joelho até que a dor e inchaço reduzam, você pode precisar de recondicionamento para recuperar a amplitude de movimento , força, potência, resistência, velocidade, agilidade e coordenação.

O seu médico pode prescrever um programa de exercícios para normalizar a flexibilidade e a força dos músculos da coxa ou recomendar fisioterapia, que enfatizam alongamento dos membros inferiores. Ele irá dizer-lhe quando você pode gradualmente retomar suas atividades atléticas.

>>> Como Fortalecer o joelho >>>

Outros tratamentos envolvem bandagens ou cintas especiais para apoio do joelho durante a prática de esportes. Infiltrações e retirada de apoio podem ser necessárias em alguns casos. Palmilhas especiais de calçados (órteses) pode às vezes ser prescrito e pode ajudar a aliviar a dor. Terapias por ondas de choque / ortotripsia.

>>> Quando retornar para as atividades >>>

Tratamento cirúrgico da dor anterior no joelho

Quando necessário em casos muito selecionados de dor anterior no joelho, os tratamentos operatórios incluem:

Artroscopia: O cirurgião remove fragmentos de cartilagem ou faz uma fixação da região danificada ou microfraturas através de uma pequena incisão, utilizando um instrumento do tamanho de lápis chamado artroscópio, geralmente em situações provocadas por osteocondrite dissecante com fragmento solto.

>>> Operação por artroscopia >>>

Realinhamento: O cirurgião abre a estrutura do joelho e realinha a patela, reduzindo a pressão anormal sobre a cartilagem e as estruturas de suporte da frente do joelho, em casos como luxação de patela.
Estímulo a formação de cartilagem: O cirurgião abre a estrutura do joelho, prepara o local lesionado e implanta uma membrana estimuladora para formar uma nova cartilagem, utilizada em lesões grandes e localizadas. Em lesões intermediárias pode ser realizado transplante osteocondral.
Debridamento: O cirurgião abre a estrutura do joelho, olha o tecido que está inflamado e retira tecidos inviáveis ou osteófitos que mantem a dor, além de fazer uma avaliação de toda a região interna.

Principais causas de dor no joelho e tratamentos

Fratura do fêmur distal

Síndrome da dor patelofemoral

A síndrome da dor patelofemoral (SDPF), uma das principais causas de dor anterior no joelho, é um distúrbio musculoesquelético comum que afeta a articulação do joelho. A SDPF acomete principalmente, corredores, ciclistas, jogadores de tênis e pessoas fisicamente ativas, com maior incidência em mulheres. As explicações para o aparecimento da SDPF ainda não estão totalmente esclarecidas. As alterações biomecânicas do membro inferior, como fraqueza muscular, frouxidão ligamentar, alteração do ângulo “Q” e mau posicionamento da patela são os principais fatores correlacionados com o aparecimento da SDPF.

Assim, o movimento excessivo e repetitivo, associado com o mau alinhamento da articulação patelofemoral, podem favorecer uma sobrecarga aumentada na região do joelho, provocando a SDPF e dor anterior no joelho ou até mesmo o desgaste precoce da cartilagem articular, ocasionando problemas como a condromalácia patelar e osteoartrose do joelho (gonartrose).

Embora em alguns casos a condromalácia patelar é um termo utilizado como sinônimo da SDPF devido à semelhança dos sintomas, a literatura coloca que a SDFP se aplica apenas em indivíduos sem lesão da cartilagem articular, distinguindo-a da condromalácia patelar, uma condição caracterizada pelo amolecimento da cartilagem articular da patela. A principal queixa dos pacientes com SDPF é a dor na região anterior do joelho que se agrava com atividades, como subir e descer escadas, agachar e permanecer sentado por muito tempo.

Tratamento da Síndrome da dor patelofemoral

O tratamento farmacológico com o uso de anti-inflamatórios não-esteroides e acupuntura podem ser utilizados para o alívio dos sintomas da dor anterior no joelho na fase aguda da lesão. Recursos como a terapia manual, a utilização de órteses e bandagens para melhorar o alinhamento da articulação patelofemural podem ser utilizados, mas apresentam resultados moderados-baixos.

Assim, o tratamento central da SDPF está voltado para o equilíbrio muscular e biomecânico de todo o membro inferior. A literatura atual aponta que além do “ângulo Q normal” que é considerado para os homens de 10º a 13º graus e 15º a 17º graus para as mulheres, durante o tratamento é necessário considerar o valgo dinâmico, de forma a reequilibrar os músculos que promovem esse rearranjo. O fortalecimento do vasto medial oblíquo é preconizado, como forma de centralizar a patela, promovendo uma melhor estabilização e vantagem mecânica da articulação patelofemural.

Outros métodos

Entretanto, recentemente, outros grupos musculares, como o complexo póstero-lateral do quadril, os músculos inseridos na pata anserina (ou pata de ganso) e o bíceps femoral estão sendo trabalhados para manter um melhor alinhamento da patela e evitar o valgo dinâmico. Os programas de reabilitação e correção biomecânica estão baseados no processo avaliativo e normalmente tem duração de três meses.

Durante o processo de reabilitação, algumas recomendações são preconizadas, como o fortalecimento do quadríceps em cadeia cinética aberta com angulação de 90º a 60º ou 0º a 30º de flexão do joelho, enquanto que os exercícios de agachamento (squat) em cadeia cinética fechada devem ser executados de 45º a 10º grau de flexão do joelho, como forma de evitar o estresse excessivo e proteger a articulação da dor anterior no joelho.

 

MUITO BOM! VOCÊ LEU TODO O CONTEÚDO. Ficou alguma dúvida? Deixe uma pergunta nos comentários abaixo, que será respondida.